Descubra como lidar com a falta de afeto de seu familiar

Facebooktwittergoogle_plus

Esquizofrenia x Afeto

Esquizofrenia x Afeto

Esquizofrenia x Afeto

Quem não gosta de receber carinho, atenção, um chamego???

Mas, e o que fazer quando esses sentimentos não são expressados pela pessoa que amamos??

A pessoa que tem um transtorno mental como a esquizofrenia acredita que não é merecedora de afeto, não se sente querida pelos outros, tem certeza de que ninguém a ama, nem mesmo seus familiares.

Tais crenças podem causar o distanciamento da pessoa que tem esquizofrenia. Para família é mais difícil entender, claro eles estão sempre ali, fazem tudo por eles, possível e impossível, como meu familiar não vê isso??

Mas, quero que vocês cuidadores e familiares saibam que esta é uma característica do transtorno. Não é algo que eles podem controlar, eles realmente sofrem por não poder retribuir seu afeto, mas vai além do querer, é mais forte e incontrolável.

Por esse motivo trago este assunto hoje, para que você cuidador entenda o porquê da dificuldade do seu familiar com sentimentos, e dessa forma possa lidar com suas expectativas, esperando o que ele realmente será capaz de oferecer.

Sendo assim, procure não criticar, reclamar para seu familiar se ele não consegue demonstrar afeto. Sim, eu sei que é ruim não ser correspondido, mas o que você cuidador precisa lembrar é: agir criticamente nessa situação não vai melhorar ou modificar a situação, muito pelo contrário, fará seu familiar se afastar ainda mais, pois estará cada vez mais claro para ele que não merece amor, que não merece ser cuidado, pois não sabe retribuir.

Tenho certeza que depois que você familiar ler este texto vai poder entender porque seu familiar não demonstra afetos, não retribui carinho e passará a agir de outra forma com seu ente querido, o que fará a relação de vocês melhorar.

Por isso, demonstre SIM seu amor por seu familiar que tem esquizofrenia!

Abrace e beije, dê carinho!! Mesmo que você saiba que não terá este retorno, você estará mostrando o quanto ele/ela é importante para você!  E quem sabe, aos poucos, eles não vão conseguindo retribuir seu afeto?

O mais importante é não desistir, não criticar, não deixar de amar!! Essa atitude faz toda diferença para pessoa que tem esquizofrenia.

 

Beijos e até logo!

Daniela

Comentários

Comentários