Por que meu filho/a foi ter Esquizofrenia??

Facebooktwittergoogle_plus
collage culpa esquizo

Por que comigo??

Esquizofrenia –  Por que comigo?

Como se sentir após a descoberta da esquizofrenia em um familiar?

Como já citei em outros posts, após descobrir que um familiar em esquizofrenia diversos sentimentos afloram. Tais como: raiva, ódio, tristeza, culpa, entre outros.

E os cuidadores ficam se perguntando: porque eu? Porque com meu filho/a?

Chegam a preferir a morte ao invés de ver seu familiar sofrer tanto.

Alguns demoram mais para se convencer de que não tem volta, que tudo será diferente. Outros aceitam mais fácil e vão à luta.

Não é errado sentir esses sentimentos de alguém do meu sangue??(CULPA!!)

Não, não é errado! Você é ser humano, desejava outra vida para seu filho/a, irmão. Você queira vê-lo casar, ter filhos, formar-se! Ou quem sabe vocês poderiam viajar, aproveitar a vida, ter mais filhos, no caso de conjugues.

Mas, infelizmente nem tudo é como desejamos. É preciso levantar a cabeça e seguir em frente!

Alguns cuidadores no início esperam a cura, agarram-se a fé para aguentar. Outros largam a religião, descrentes.

O desejo da maioria dos cuidadores é que seu familiar possa ao menos se recuperar. Levar uma vida mais próxima do “normal”.

Aos poucos estes cuidadores percebem que infelizmente a cura ainda não existe e que não terão mais a mesma vida de antes, que seus sonhos terão que ser modificados.

E com o passar do tempo “as melancias vão se ajeitando na carroça” e as situações vão se ajustando. O cuidador vai encontrando a melhor forma de lidar com seu familiar, suas expectativas quanto a ele se adequam a sua realidade e com o apoio necessário, a vida pode ser menos pesada.

Então cuidador não desista do seu familiar! Mas, principalmente não desista de você! Cuide-se, preocupe-se com sua saúde, seu lazer. Não se anule! Não se esqueça!

Procure ter momentos agradáveis, com pessoas positivas, seja feliz!

Essa é a melhor maneira de lidar com a sobrecarga e com suas atividades diárias.

 

Beijos e até logo!

Daniela

Comentários

Comentários