Esquizofrenia- Quero meu familiar internado! Quais os possíveis motivos?

Facebooktwittergoogle_plus

Porque será que alguns familiares/cuidadores chegam a ponto de dizer que preferem estar longe de seu familiar que tem esquizofrenia? Que se eles tiverem em uma clínica 24 horas por dia será melhor?

Algumas pessoas podem dizer que é ruindade, falta de amor com seu familiar, não aceitação, medo, insegurança. Outros vão dizer que é para se livrar do peso, da carga”. Se livrar da responsabilidade, “lavar as mãos”, pois “querem aproveitar a vida sozinhos”.

Sim, algumas pessoas podem ter motivos como os citados acima como causa, porém outras não. E quais seriam esses motivos então?

Vamos pensar que o familiar pode estar tão desgastado e cansado que não sabe mais como ajudar seu familiar. Não tinha apoio nenhum e por isso acaba adoecendo também. O que é normal e compreensível, pois como eu sempre digo, é um ser humano e não uma máquina!

Recebemos familiares que se nota no rosto o cansaço, o desgaste, o pedido de socorro estampado na face.

Sendo assim, esse familiar já não nutre mais forças para continuar, se sente deprimido, sem coragem de seguir e a única solução que lhe vem à mente é deixar seu familiar longe, internado e descansar. Pode até não ser o melhor caminho, entretanto para alguns familiares essa é a melhor solução que lhes vem à cabeça.

Não é falta de amor ou egoísmo, em muitos caso ao menos não. Mas, sim falta de preparo, de orientação. E nessa hora vemos a grande diferença de familiares que tem apoio, seja de familiares, amigos, grupos, ou profissionais, e os que estão sozinhos.

Esquizofrenia e o Desgaste do Cuidador!!

Support Photo

Todo cuidador/familiar que luta sozinho, que faz tudo sozinho, tem um risco maior de adoecer e não poder mais cuidar do seu familiar.

É necessário apoio, orientação, escuta e lazer para que o familiar possa se “reabastecer”, entender a esquizofrenia e suas consequências, e então continuar cuidando do seu paciente.

Por isso nunca julgue o outro, sem antes saber o motivo. Ao contrário, busque saber como você pode ajudar, acolher, tenho certeza que você irá contribuir mais ouvindo do que criticando.

E você cuidador busque apoio, ajuda profissional desde cedo para mais tarde não se ver esgotado, sem condições de cuidar seu familiar, que sei é muito amado por você.

Beijos e até logo!

Daniela

Comentários

Comentários