Recaída na esquizofrenia: descubra como evitar!

Facebooktwittergoogle_plus

Como a família pode lidar na hora da recaída na esquizofrenia?

Existe alguma maneira de prevenir e/ou evitar as recaídas? Como saber se meu familiar está em recaída?

Essas são algumas das questões que muitos cuidadores têm sobre a recaída na esquizofrenia. E saibam que a recaída é muito pior, os sintomas geralmente voltam com mais força e acaba sendo muito mais difícil estabilizar novamente.

A recaída significa a piora, o retorno dos sintomas. E é nessa hora que entra a importância da família estar sempre atenta aos comportamentos do seu familiar, pois uma mudança pode ser um sinal de alerta!

O que fazer se perceber que meu familiar está dando sinais de recaída??

Buscar imediatamente o psiquiatra e relatar a ele o que está acontecendo, comportamentos, mudanças. Se você perceber que seu familiar que tem a esquizofrenia está voltando a ficar isolado,olhando desconfiado para as pessoas, falando “coisas sem nexo” como fazia antes dos medicamentos esse é um sinal de que a recaída pode estar próxima!!

Também é muito importante que se apoie o familiar sempre! Não é a hora de criticar ou julgar os motivos que levaram a nova recaída, lembre-se sempre que a hostilidade gera hostilidade e consequentemente a piora do quadro!

Como evitar a recaída do seu familiar? Conheça 4 dicas:

  1. Conheça o que puder sobre a esquizofrenia, fatores desencadeantes de surto, o que desencadeou os surtos passados, isso vai ajudar na prevenção, pois se você perceber uma situação semelhante acontecendo, ligue seu sinal vermelho;
  2. Tenha uma boa relação com a equipe médica do seu familiar, não esconda nada deles! A boa comunicação entre família e médicos favorece o bom tratamento;
  3. Manter um ambiente saudável, sem brigas, sem hostilidades dificulta o surgimento do estresse, que pode levar a um surto. A boa qualidade de sono do seu familiar também é um fator favorável a evitar recaídas;
  4. Situações traumáticas, como: aniversário da morte de um ente querido, uma nova perda, um divórcio, demissão, podem gerar uma recaída, fique atento a esses estressores e qualquer mudança fale com o Psiquiatra do seu familiar!

Certo já sabemos como evitar uma recaída, mas e como saber se meu familiar está tendo uma recaída? O que eu posso observar que me mostre isso?

Sinais de que uma recaída está próxima ou ocorrendo!recaida nash

  • Seu familiar parou com os remédios!! Seja porque ele acha que está curado ou simplesmente porque não quer mais tomar, uma recaída está muito próxima;
  • Usar ou voltar a usar drogas, álcool;
  • Situações estressoras em casa, trabalho, relações, etc.;
  • A pessoa não está conseguindo dormir bem, está com insônia;
  • Volta a se isolar, não tem interesse em conversar com a família, amigos;
  • O descuido com a higiene e aparência volta a ocorrer, ou fica mais intenso;
  • Os medos, inseguranças, preocupações (paranoias) voltam a perturbar a pessoa que tem o transtorno;
  • As alucinações retornam: ver ou ouvir as pessoas falando deles, percepções estranhas, etc.;
  • O humor da pessoa se modifica, ela fica mais irritada, sem paciência, distante, reservado.

A recaída pode levar tudo que se conquistou com muito sacrifício e demora em pouco tempo. Algumas pessoas demoraram muito tempo para estabilizar e se sofrem uma recaída esse tempo tende a aumentar mais ainda.

Entretanto vocês viram que é possível evitar uma recaída, correto? Nunca podemos dizer que é fácil, pois o transtorno da esquizofrenia é muito complexo, porém é possível sim!

Fique alerta a seu familiar e se perceber algum dos sinais que cito aqui busque ajuda imediatamente, pois quanto antes se entrar com alguma medida, melhores serão as chances de evitar uma recaída completa!!

Beijos,

Daniela

 Família Unida!

Família Unida!

Comentários

Comentários