Reforma Psiquiátrica e o retorno à casa da Família

Facebooktwittergoogle_plus

Após a reforma Psiquiátrica o cuidado da pessoa que têm esquizofrenia voltou a ser responsabilidade da família.

Cuidados esses que são diversos: incluem auxílio em tarefas diárias, ajuda financeira e tratamento, entre tantas outras tarefas. Muitas pessoas que tem esquizofrenia tornam-se dependentes de seu cuidador, o que pode facilitar a sobrecarga do mesmo.

louco11

De volta para Casa!

Estes cuidadores e pacientes com esquizofrenia são de diversas origens. São de culturas sócio culturais diversas possuem relações sociais, familiares, afetivas, idades, gêneros, escolaridade, rendas e vivencias diferentes e das mais variadas.

Muitos são rechaçados pelos próprios familiares, imagine pela comunidade!

Tais fatores acumulam em cuidadores elevada sobrecarga, física, emocional e psíquica. Vivenciam sentimentos controversos, momentos extremamente difíceis e delicados.

E infelizmente poucos conseguem ajuda, amparo para lidar com suas questões, duvidas e dores. Alguns cuidadores devido a tal sobrecarga, acabam adoecendo, muitos com depressão e outras doenças físicas, devido a sua instabilidade emocional e desesperança.

Os poucos cuidadores que conseguem ter uma visão melhor do transtorno e lidar melhor com sua situação, conseguem ir atrás de informações, de lutar por seus direitos e buscar um pouco de conforto para suas angustias.

A Psicoeducação desse transtorno e apoio familiar são primordiais para os cuidadores e pessoas que tem a esquizofrenia, para que eles possam viver com um pouco mais de qualidade de vida.

Beijos e até logo!!

Daniela

Comentários

Comentários